Início          Cadastre seu currículo       Carta de princípios Camilianos      Outras Unidades      São Camilo de Lellis      Contato

 
     
 

Timóteo (MG) – Gerente da Qualidade do HMVB apresenta case de sucesso em GV
 


 

A gerente da Qualidade do Hospital e Maternidade Vital Brazil, Luciana Cardoso, apresentou um case de sucesso sobre a nossa experiência para conquistar a certificação ONA nível 3 no II Módulo do PROAGS – Programa de Atualização para Gestores da Saúde promovido pela Federassantas, no Hospital Bom Samaritano, em Governador Valadares.


Na oportunidade, a profissional do HMVB proporcionou uma troca de experiências acerca do tema abordado no 2º módulo (Gestão de Processos e da Qualidade), fortalecendo e agregando conhecimentos. Através da apresentação do case, a gerente contou sobre a experiência da implantação do sistema de gestão da qualidade no HMVB, incentivando outras instituições presentes no evento na busca por padrões mais elevados de qualidade a assistência.


Qualidade
A gestão da Qualidade do Vital Brazil teve início em dezembro de 2010. Em 2013 o Hospital alcançou a Acreditação ONA Nível 2. Desde então a instituição vem mantendo este nível com auditorias de manutenção a cada oito meses. Após cinco anos como acreditado pleno, o HMVB conquistou, em dezembro de 2018, a certificação máxima Nível III - Acreditado com Excelência - pela ONA.
“O processo de acreditação revela a responsabilidade e comprometimento da organização com a assistência segura, reduzindo a probabilidade de ocorrência de incidentes e eventos adversos, melhorando a cultura de segurança e ampliando a compreensão sobre a segurança do paciente”, comentou Luciana Cardoso, sobre os valores trazidos com a obtenção do selo.


Acreditação
A gerente ressaltou ainda que este processo alinha a instituição às melhores práticas do mercado, com referências de validação internacional. O selo comprova interna e externamente que a organização cumpre os padrões de qualidade e segurança no atendimento. “A acreditação exige diversas mudanças dentro de uma instituição de saúde e essas transformações podem gerar instabilidade e novas preocupações para a gestão hospitalar. No HMVB, essa realidade não foi diferente”, destacou.

Segundo a gerente entre os desafios enfrentados destacam-se os investimentos necessários na melhoria da infraestrutura e processos, e o envolvimento da direção, corpo clínico e lideranças.


Engajamento
Para manter as equipes engajadas e comprometidas, Luciana Cardoso revelou que o Hospital passou a utilizar diversas estratégias, como a manutenção de um escritório da qualidade; a atuação continua de Comissões internas; a realização periódica e sistemática de treinamentos; auditorias internas sistematizadas e externas ordinárias e extraordinárias quando necessário; definição de indicadores de processos e análises críticas, sustentando o atingimento de metas e conquista de melhorias; implantação de novas práticas e ferramentas que apoiem a inovação, investimentos em conhecimento, profissionais e novas tecnologias.


Data: 11.03.2019


 


     

 

 

 

 


<< Voltar a tela anterior
 
 
     
     
 

Todos os direitos reservados